img1_0004_small.jpg

jnreiscasa1_small.jpg

Home | "ALIJÓ - VIDEO" | História de Santa Eugénia | Santa Eugénia - História | Santa Eugénia - CentroDia | Hiperligações | História1 | História2 | História3 | História4 | SANTA EUGÉNIA | Curriculum vitae | Foto da Igreja do Castedo | Foto de José Nogueira dos Reis | Eu sentado no Cabeço de Santa Barbara | Lindas Fotos de Sanfins do Douro | Lindas Fotos de Sanfins do Douro2 | Lindas Fotos de Sanfins do Douro3 | Fotos de Santa Eugénia | Trabalho e a Personalidade. | Os Meus Estudos | Falar de Santa Eugénia | Historial de Santa Eugénia e Estudo Económico | Sobre Mim | Fotos | Filosofia - J.N.Reis | Filo Cultura | HipyReis | Poemas | Conheça-me | UM Pouco de Mim | Favorite Links | Contacte-me e assine o meu livro | Gastronomia Tradicional | Fotos do concelho de Alijó | Em reconstrução | Foto de Zé Reis

Capela de Santa Barbara - Santa Eugénia-5070/411
capelasantaeugenia.jpg
José Nogueira dos Reis

 

Falar de Santa Eugénia, é deixarmo-nos envolver por um certo transe, deslizando a tinta ao sabor daquilo que nos ocorre no pensamento, é sentirmo-nos num espaço tão ínfimo, mas tão grande, tão nobre, que todas as palavras que se possam utilizar, é apenas um pouco daquilo que sentimos desta maravilhosa terra.

 

Freguesia com profundas raízes históricas, materializadas no belíssimo património cultural e na memória colectiva das suas gentes.

São múltiplas as potencialidade turísticas: a beleza natural das suas serras, as aprazíveis paisagens, o rio «Tinhela», a gastronomia e o património arqueológico, construído, etnográfico e artístico, constituem a identidade natural e cultural desta belíssima aldeia.

Orgulhamo-nos pois de expor e tornar acessível a todos, através desta nova forma de comunicar, os traços gerais que caracterizam esta terra «Transmontana». Quem nos visita pela primeira vez, dificilmente escapa ao desejo de visitar novamente este lugar deslumbrante.

Autor: José Nogueira dos Reis

 

 

Laje do Concelho

 

Concelho -  substantivo masculino.

Significa : Circunscrição administrativa;

Subdivisão de distrito;

 Município.

Latim conciliu.

Significa Assembleia.

É precisamente da acepção Latina, que esta «Laje do Concelho», herdou o nome. Era o local onde os «vizinhos»(antigo nome dado aos habitantes), se reuniam em assembleia, quer para eleger os seus dignos representantes junto de entidades hierarquicamente superiores(exemplo: Nos órgãos concelhios), quer para resolver problemas respeitantes a si próprios e/ou à localidade. Servia também de «Tribunal Moral», isto é:

Ali eram publicamente denunciados os maus actos e seus praticantes. O malfeitor, ou se emendava, ou era simplesmente arredado do mais simples convívio com os vizinhos.

Por sorte do destino, tinha esta «Laje do Concelho» uma outra função. Era precisamente o local de marcação limite, da altitude máxima permitida pelo Marquês de Pombal, para autorização de «benefício».

Esta mesma «Laje do Concelho», situa-se precisamente no inicio da rua Marquês de Pombal. Coincidência ou propósito desta estranha relação, entre a «Laje do Concelho»(+-500m de altitude) e a rua «Marquês» de Pombal, com toda a modéstia, não o sei. Acho apenas uma coincidência demasiado coincidente.

Autor: José Nogueira dos Reis  

 

 

José Nogueira Reishttp://josereis.planetaclix.pt/3.html;http://rjn.planetaclix.pt/index.html;

http://josereis.planetaclix.pt/Pessoal.html; http://josereis.planetaclix.pt/reis.html; http://josereis.planetaclix.pt/2.html; http://josereis.planetaclix.pt/J.N.Reis.html; http://hipyreis.tripod.com/;

http://josereis.planetaclix.pt/;

Historial de Santa Eugénia:

1- Historial : Santa Eugénia, situa-se a cerca de 15km. De uma das saídas da I.P.4-Pópulo.

Tem a Área Aproximada de: 779 ha

AS Freguesias Limítrofes São: A Norte Pegarinhos; A Sul Carlão; A Este Candedo(esta do concelho de Mura); A Oeste Casas da Serra (lugar da freguesia de Carlão)

Orago: Santa Eugénia

1.2- Topónimo:Eugénia, de origem grega, significa Bem Vinda, Bem Aparecida, de Boa Linhagem

Os Primeiros Povos remontam ao período Megalitico;Comprova-o o facto de nas redondezas existirem ainda Pinturas Rupestres, Dolmens e Antas, aqui segundo se conta uma pintura Rupestre foi destruída aquando da busca de Volframio.Prova-o também o seu culto de origem sueva.Da época Romana existe, em pleno estado de conservação, uma «Fonte de Mergulho».

Figuras Ilustres, pré-25/4/1974: José Cunha Cardos ( Delegado de Saúde de Benguela), Homem de elevada filantropia, contribuiu para prolongar a vida de muitos habitantes desta freguesia.

Manuel José Guerra Santos Melo, responsável por: Luz eléctrica; Água Pública;Casa do Povo;Reparação da Capela de Santa Barbara, Igreja Matriz, Cemitério, Escolas.Para além da água ser explorada numa sua propriedade, ainda hoje, quando existe escassez de água, a sua família põe uma torneira de água a correr para toda a povoação.

Pós 25/4/1974:António Alves Martinho, Deputado na Assembleia da Repúbica;Manuel Adérito Figueira, Vareador do Pelouro de Obras na Câmara Municipal de Alijó;Elias Martins Eiras, Presidente da Junta de Freguesia;

José Nogueira dos Reis, figura de elevada filantropia,  contribuiu fortemente para o desenvolvimento cultural das gentes desta freguesia desde os jovens, aos adultos homem de um só caracter, de um só ser, fosse qual fosse a fase da vida por que estivesse a passar. Foi fundador e co fundador de todas as associações culturais, de solidariedade, associativas, desportivas e/ou recreativas. Refundou o teatro, deu educação a adultos, foi promotor cultural, fundador ( nesta freguesia ) do partido socialista, tendo contudo, sempre presente o desenvolvimento, independência e afirmação destas gentes. Homem de uma simplicidade fora do comum, aparecia e desaparecia, quase sem se dar por ele!!. Pessoa sempre pronta a compartilhar o seu conhecimento, nunca se esquivou a dar uma boa e útil informação, a procurar ele próprio informar-se para informar. Fruto do seu avanço, quer para a época, quer em relação aos seus conterrâneos, trilhou caminhos amargos, que só a ele prejudicaram, mas, que lhe serviram de ensinamento para segurar a queda de outros. Julgo mesmo, que o seu maior inimigo, foi o seu avanço. Para se saber um pouco mais de este«SENHOR», VISITEN-SE OS SEUS SITES:

http://nogueirareis.tripod.com; http://nogueirareis.tripod.com/alijo; http://nogueirareis.tripod.com/santaeugenia; http://reis19.tripod.com; http://reis19.tripod.com/jnr; http://reis19.tripod.com/rnj; http://reis19.tripod.com/reis19; http://jose727.tripod.com; http://hipyreis.tripod.com; http://josereis.planetaclix.pt; http://josereis.planetaclix.pt/reis. 

2- População:Habitantes-511

 Residentes-HM-410-H-191,( com mais de 18 anos);

Eleitores inscritos : 480 ( compreendidos entre os n.º 3 e 711) ;

Famílias-191

Alojamentos-223

Edificios-215

No reinado de D.Sancho II, Santa Eugénia, fazia parte do concelho de Alijó;

Em 1258, nas Inquisições de D.Afonso III, Aparece no concelho de Murça.

Em 1269, D.Afonso III, ao confirmar o foral de seu irmão, dado a Alijó, ainda inclui de forma condicional, Santa Eugénia no concelho de Alijó.

A verdade é que no recenseamento de 1530, (reinado de D.João III), Aparece no concelho de Murça.Só regressou a Alijó com a reforma administrativa de 1853.

3-Desenvolvimento Económico: O Sector Primário, é o mais importante. Produção de vinho do porto, moscatel, consumo, champanhe e Azeite.Tem aprox.uma área de 600ha com autorização de beneficio; a industria de transformação de azeitona, também tem significado. A «Casa Agrícola», empresa agrícola, dedicada à produção, transformação e comercio, é a maior produtora de riqueza, oferta de mão de obra e desenvolvimento técnico. Pela sua capacidade de inovação, predisposição para a ciência, sucesso e novas práticas adaptadas ao tradicional, é um caso a ter em conta, um exemplo a seguir, e, julgo que deveria ser divulgada e apoiada pelas instituições com responsabilidades governamentais, apresentando-a como «modelo» de práticas a seguir;Estou convencido de que é com medidas assim, mostrando e aconselhando o que há de bom, que esta região se desenvolve. A «Casa Agrícola», está sediada no Largo da Fonte, com os telf.s: 259646174; 259648110; 259648111; 259646180. Cafés e mercearias, vêm imediatamente a seguir.

Esta Aldeia, caracteriza-se também pela Formação que sempre procurou dar aos seus filhos.

3.2- Acção Social: A)Centro Social, Rua da Veiga, Nº10-telf.259645261

B) N /Existe

C) Extinta

D)Assistência Domiciliaria a cargo do Centro Social

3.3- Saúde: Centro de Saúde , rua da Veiga; telf.259645125

3.4-Ensino: Pré-Primária; Infantário; 1ºCiclo(Escola Primária)

Já houve Formação e Educação de Adultos.

4- Desenvolvimento e Turismo: Café Areias largo do Cruzeiro, Nº20;  telf.259645035

Café Grande Ponto rua central nº1, telf.259646214

Turismo Rural:  Quinta do Reconco; tef.259645311

4.1- Associações: Grupo Desportivo Cultural e Recreativo de Santa Eugénia

Actividades: Futebol de 11, 5, 7.

Damas, xadrez, cartas. Teatro, Festas e Bailes.

Restauração: Café Areias,Grande Ponto e Reconco.

4.4- Diversão: Grupo Desportivo,Cafés

Guia Turístico: Rio Tinhela;Cabeço de StªBarbara;Fonte de Mergulho; Lage do Concelho; Igreja Matriz;Capelas de: StªBarbara, Cemitério e Casa Santos Melo.Sede do Grupo Desportivo,Centro Dia, Casa da Família «Malheiro»( Brasonada),  hoje pertença da Junta de Freguesia.

5- Tradições: Para além das lendas religiosas, referentes a StªEugénia e StªBarbara, Há a lenda de um local denominado Rapalobos;Diz-se que um jovem foi «devorado por 2 lobos»,quando vinha de namorar de Pegarinhos.A Mãe aflita, chamou por ele, ele distraíndo-se foi «morto».

5.2- Festas e Romarias: StªBarbaraPenúltimo Domingo de Agosto;StªEugénia11 de Setembro;Carnaval;S.João e S.Pedro.

Feira:N/Existem

5.4- Danças e Cantares: Janeiras, Reis,Carnaval,S.João e S,Pedro.

Trajes: N/Existe especifico

5.6- Jogos Tradicionais : Jogo do Fito, a chona, da malha e da macaca;

6 Gastronomia : Pratos da Região : Enchidos ;

6.1-Pratos Típicos: Enchidos e toda a Cozinha duriense.Bebidas durienses.

6.2-Tradição vinícola: Maduro;Porto; Moscatel; Jeropiga.

6.3- Doçaria Tradicional: Mulato,Teixeira,cavacas e amêndoas cobertas.

Local de Venda: Feiras e Romarias

7- Artesanato :

7.1- Cestaria(Mestre,  senhor João Eiras); Tamancos ( Mestre, senhor José de Jesus Baptista) ;  Material utilizado: Pau de Amieiro e Castanho.

7.2-Brinquedos Tradicionais: A «Carroça»

Este Trabalho, foi realizado por José Nogueira dos Reis, a pedido da Junta de Freguesia de Santa Eugénia